logo imag
Imagens médicas pela vida
Saúde em Boas Mãos

O que é a Ressonância Magnética?

22/02/2017 - 15:20 Por IMAG
O que é a Ressonância Magnética?
Categorias :
icon comentarios 0 Comentários

Qual seria a melhor forma de estudar o corpo humano? A resposta é pela técnica de imagem de Ressonância Magnética (RM), que é a mais recente tecnologia de imagem médica que permite examinar todo o corpo humano, é frequentemente usada em estudos de lesões cerebrais, discos da coluna vertebral, músculo esquelética, artérias e veias e todos os órgãos viscerais (tórax, abdominal e pélvica).

É ainda uma importante ferramenta da deteção no Cancro de Mama, fornecendo ao cirurgião a melhor decisão terapêutica.

 

É um exame Seguro?

A Ressonância Magnética é um exame indolor e seguro, os únicos riscos são aqueles que resultam de o campo magnético interferir com objetos metálicos que o paciente tenha dentro do corpo por exemplo resultantes de uma cirurgia.

A Ressonância Magnética utiliza um forte campo magnético e ondas de radiofrequência para produzir imagens detalhadas de alta definição do corpo humana, este exame é isento de radiação X.

Informe sempre o seu médico ou os colaboradores da IMAG na marcação do exame se tem o seguinte material:

  • Pacemaker
  • Válvulas Cardíacas
  • Material de osteossíntese/cirúrgicos colocados antes do ano 2000
  • Implantes cocleares, auditivos não removíveis
  • Limalhas nos olhos/bombas de infusão
  • Neuroestimuladores
  • Balas, chumbos e estilhaços de granada
  • Fixadores ortopédicos externos não removíveis.

A portabilidade dos materiais não significa que não possa realizar o exame de Ressonância Magnética, poderá ser necessário a verificação de compatibilidade deste com o campo magnético para que a IMAG realize o seu exame com segurança.

 

Se estiver grávida posso fazer Ressonância Magnética?

Não há riscos conhecidos para o feto, no entanto deve consultar o seu médico antes da realização do exame, uma vez que é aconselhado a realização do exame após o primeiro trimestre de gravidez.

 

Sou claustrofóbica e agora?

Os equipamentos de Ressonância Magnética são como um túnel aberto nas duas extremidades, iluminados e ventilados. O paciente estará sempre a ser monitorizado visualmente pelo técnico e médico de radiologia, está acompanhado por um sistema de comunicação interna que permite comunicar a qualquer momento com o técnico.

Pode pedir ao seu médico um tranquilizante para a realização do exame ou optar por um exame com sedação.

Existem instituições que têm equipamentos de Ressonância Magnética abertos, significa que são equipamentos com as laterais abertas, porque têm campos magnéticos bastantes mais fracos e por consequência uma qualidade de imagem inferior a um campo magnético fechado.

 

Que preparação devo fazer para um exame de Ressonância Magnética?

  • Jejum de 4 horas
  • Na unidade IMAG terá que preencher um simples questionário de segurança (consentimento informado) com a ajuda do técnico para garantir que não tem qualquer material que não seja compatível com o equipamento e tomar conhecimento da possibilidade de injeção de contraste.
  • Tem que retirar todo o material metálico (Prótese dentária, pulseiras, relógios, etc) para realização do exame.
  • O exame tem duração média de 30 minutos
  • Após a realização do exame pode retomar a sua vida normalmente

 

O que se sente na realização do exame de Ressonância Magnética?

O exame é indolor. É, no entanto, bastante ruidoso durante a aquisição de imagem, por isso, será facultado ao paciente uns protetores auriculares para que esteja mais confortável.

Estará deitado e terá que permanecer imóvel durante a execução do exame, o técnico irá dar instruções durante a realização do mesmo. A sua colaboração é imprescindível, porque o único inconveniente do exame é permanecer imóvel durante aproximadamente 30 minutos.

Na zona do corpo em estudo será colocada uma bobine (tem o formato de uma gaiola) que vai ampliar o sinal do seu exame, proporcionando imagens alta qualidade essenciais o melhor diagnóstico.

Em alguns estudos é necessária a injeção de contraste endovenoso de forma a melhorar a acuidade do exame e a permitir ao médico radiologista realizar um diagnóstico diferencial, esse contraste irá ser posteriormente eliminado pela urina.

Comentários

Os comentários estão fechados

Arquivos
Tag Cloud