logo imag
Imagens médicas pela vida
Saúde em Boas Mãos

8 alimentos que não são assim tão saudáveis

13/09/2017 - 12:34 Por IMAG
8 alimentos que não são assim tão saudáveis
Categorias :
icon comentarios 0 Comentários

Existem ainda muitos alimentos que são vendidos como “saudáveis”, mas a verdade é que, muitas vezes, o melhor é sermos nós próprios a prepará-los,  assim, garantirmos que não incluem ingredientes prejudiciais. 

Decidiu que quer uma vida mais saudável, mas por vezes não sabe bem qual é o caminho, para ajudar vamos dar algumas dicas sobre alimentos que são “saudáveis”, mas que no final não é assim tão verdade.

É preciso ter consciência que estes alimentos podem ser os responsáveis pela dificuldade em conseguir atingir os seus objetivos, no prazo que estipulou para si.

Principalmente porque podem ser bastante enganadores, já que muitos são naturais ou se intitulam baixos em calorias.

Alimentos que, na realidade, não são saudáveis

 

1. Saladas prontas

Saladas prontas que podemos comprar nos supermercados são um desses alimentos que acreditamos serem saudáveis.

Ainda que sejam à base de vegetais, às vezes são de baixa qualidade.

Além disso, é comum que passem várias semanas congeladas. Isso significa que os alimentos não são frescos e que contêm conservantes.

2. Batidos  de compra

Nem todas as vitaminas são iguais e, algumas vezes, consideramos que são alimentos saudáveis. O que está rotulado como uma “vitamina” não significa necessariamente que é saudável.

As vitaminas comerciais podem conter:

  • Açúcar refinado
  • Gordura
  • Calorias (extra e desnecessárias)
  • Produtos químicos

É muito mais barato e mais fácil preparar o seu próprio batido/sumo pela manhã. Assim, assegura que utiliza frutas e vegetais frescos e da estação.

Além disso, pode controlar as porções a todo momento, e evitar os químicos que lhe fazem mal.

3. Mix de frutas secas e oleaginosas

Possivelmente já foram várias as vezes em que comprou estas misturas, no supermercado. Se costuma comprar estas misturas de frutas secas em grandes quantidades, deve saber que podem conter:

  • Alto teor de gordura
  • Sulfitos que servem como conservantes
  • Sementes velhas
  • Sal em excesso

Se gosta realmente de frutas secas ou quer algo para beliscar entre as refeições, escolha sementes secas, frutas e vegetais frescos.

Como se o argumento anterior não chega, a maioria destas saladas vem acompanhada de molhos com alto teor de sódio, adoçantes e aromatizantes.

O melhor é prepare as suas saladas. Para além de economizar dinheiro, vai conseguir perder peso. 

4. Barras de cereais ou energéticas

Muitas das barras energéticas e granola comerciais têm, entre os ingredientes, o xarope de milho, com alto teor de frutose, acúcar refinado, gorduras saturadas e trans.

É muito mais saudável preparar sua própria barra de cereais caseira. Existem várias receitas, experimente várias até encontrar sua favorita.

5. Produtos sem gordura

Os alimentos processados sem gordura não irão garantir a perda de peso que deseja. Na verdade, as gorduras saudáveis proporcionam uma sensação de saciedade.

No entanto, deve ter muito cuidado com esses alimentos que se anunciam como livres de gordura, pois podem estar a fornecer ao organismo calorias vazias (desprovidas de nutrientes – não alimentam e só fazem o corpo engordar).

A melhor opção é comer, pelo menos, 80% de alimentos preparados por si ou orgânicos.

6. Gelado de iogurte

O gelado de iogurte é o maior engano deste século. Muitas pessoas acreditam que, ao consumi-lo, estão a escolher a opção mais saudável, quando na verdade não é assim.

Estes gelados contêm uma grande quantidade de açúcar refinado, e os mesmos aromatizantes que os gelados normais.

Se quer realmente uma opção de geladoe de iogurte, o melhor é prepará-lo com iogurte natural. Adoce-o com estévia, acrescente frutas, e lembre-se de não abusar.

7. Bebidas “saudáveis”

As bebidas energéticas ou qualquer outra similar devem ser eliminadas da lista de alimentos supostamente saudáveis. Estes preparados químicos não são melhores do que um copo de refrigerante.

 Opte por um bom copo de água, aromatizada com frutas ou natural.

8. Pão integral

Este é outro alimento pensamos ser saudável, mas que não é. O rótulo destes pães sugerem-nos que são super saudáveis, e que podemos consumir sem culpa.

No entanto, a realidade é que comer estes pães é o mesmo que comer um pão branco normal.

Muitos dos pães que são vendidos como “multigrãos” ou “trigo integral” são feitos, geralmente, com rãos refinados.

Portanto, o benefício nutricional completo do grão integral não vai ser consumido.

Leia sempre a lista de ingredientes, se conseguir, faça o seu próprio pão com farinha sem glúten. Não é difícil e vai adorar prepará-lo.

 

Comentários

Os comentários estão fechados

Arquivos
Tag Cloud

Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização de cookies. Mais informação